Osasco
Foto: Folha de São Paulo
       Osasco é um município localizado na Zona Oeste da Grande São Paulo que por anos consecutivos é a cidade que mais lançou e vendeu apartamentos residenciais em toda a Região Metropolitana, segundo o Estadão. Seu maior atrativo para os novos compradores é a localização: A cidade é servida pelas Linhas 8 e 9 da CPTM, por linhas de ônibus intermunicipais da EMTU, municipais das Viações Osasco e Urubpungá e ainda pela rede de transporte público da SPTrans, a partir do Terminal Urbano Amador Aguiar (Vila Yara), além de fácil acesso para as Marginais Pinheiros e Tietê, Rodovias Raposo Tavares, Castello Branco, Anhanguera e Rodoanel.

       A possibilidade de viver em um bairro de alto padrão, próximo à marginal Pinheiros e pagando menos do que em São Paulo é o que tem trazido moradores da Capital a adquirir empreendimentos em território osasquense. A cidade recebeu 13.690 apartamentos novos nos últimos três anos, segundo a consultoria Geoimovel, e é a recordista em número de lançamentos na região da Grande São Paulo, segundo o artigo da Folha de São Paulo. Enquanto São Paulo oferece um valor de m² médio acima de R$ 12.000, em Osasco, paga-se em média R$ 5.000 por locais com IDH superior e maior oferta de comércios e serviços, além de empregos diversificados.

       Mesmo em bairros como Adalgisa, Presidente Altino, Industrial Autonomistas, Continental, Vila São Francisco e Vila Yara, que têm o metro quadrado mais alto de Osasco (podendo chegar a R$ 9.900), o valor ainda é mais baixo se comparado à zona oeste de São Paulo, como Butantã, Rio Pequeno, Vila Madalena e Pinheiros, a mais próxima da cidade, com preço médio de cerca de R$ 13 mil/m².


Osasco


       "Temos muitos compradores que moravam em bairros como Butantã e Lapa, relativamente próximos a Osasco, e resolveram se mudar porque o preço é mais atrativo. Aqui temos muitos serviços e acesso rápido a São Paulo. Quase 50% dos clientes são de fora da cidade", diz Marcel Malagueta, da Concel Construções em entrevista à Folha de São Paulo.

       A hoteleira Carolina Hachiro de Santi, de 33 anos, comprou um apartamento no empreendimento Urbano Armenian, localizado em Presidente Altino. A região de classe média teve influência de imigrantes armênios e italianos e é procurada por ficar perto de estações da CPTM e de serviços.

"Morava no Jabaquara (zona sul) e trabalho na zona oeste. Quando fui procurar um imóvel em São Paulo, vi que não acharia nada pelo mesmo preço com duas vagas de garagem e uma planta tão completa quanto achei aqui em Osasco. E o centro de Osasco é bem variado para compras", afirma na mesma entrevista.
        As construtoras presentes na cidade, como a Ekko Group,  já foram premiadas devido a rápida venda de empreendimentos no mês de lançamento, além da região central, áreas periféricas da Cidade também são destaques em venda em diversas tipologias de apartamento.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Segurança

Saúde