A Favela 13 é uma antiga comunidade de Osasco localizada nas encostas de uma ribanceira que termina na Avenida Flora, no bairro Jaguaribe em Osasco. Ela começou no Jardim Santo Antônio e cresceu a um nível alarmante, quase ocupando o "campinho" existente ao lado do Residencial Amazônia, na mesma Avenida limite da comunidade. 

       Com "lotes" a venda e barracos a alugar, a população local chega a milhares de pessoas, superando muitas das comunidades que eram consideradas as maiores de São Paulo. Na beira do Córrego João Alves, a "13" acaba contando com ruas insalubres e esgoto ao céu aberto, causando muitos transtornos aos antigos moradores do local, ocasionando uma queda excessiva no IDH do Jardim Santo Antônio e do Jaguaribe.

     Ligações clandestinas de energia elétrica tem sobrecarregado as redes locais ocasionando constantes quedas de energia, como relatam moradores dos condomínios na Flora: "Quando a favela era pequena estava tudo certo. Era tranquilo. Hoje o trânsito é infernal, acabaram com o campinho, tem baile e arrastão todos os dias aqui na Flora... Eles precisam de assistência, todos somos prejudicados e tem gente lucrando com tudo isso".

     O problema das ocupações irregulares é constante em grandes cidades mas acaba sendo preocupante quando falamos de Osasco. Existem pessoas lucrando com a vulnerabilidade social dos habitantes e a cidade têm sido prejudicada de forma excessiva por conta da desorganização urbana. Enquanto a Prefeitura não "ressuscitar" o projeto de urbanização da 13 com projeto realizado na gestão Emídio de Souza, essa problemática vai piorar, causando mais transtornos a quem já mora na favela e aos moradores ao redor.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem

Segurança

Saúde