Matéria da Globo sobre Rodoviária.
       Com instalações improvisadas há pelo menos quatro anos, Rodoviária de Osasco é tema de discussão na Câmara dos Vereadores. Desde a gestão Lapas, quando pretendia-se levar o equipamento até Quitaúna o local está com pouca estrutura e mesmo com o prefeito afirmando sua permanência na região central, o orçamento de 2020 não prevê sequer parte da verba para a sua adequação.

       A Comissão Permanente de Obras e Administração Pública apresentou duas sugestões para a revitalização do espaço. A primeira é a inclusão de recursos para a reforma na Lei Orçamentária Anual, o que garantiria a realização das obras. A segunda é a realização de uma Parceria Público Privada (PPP) para a revitalização do local.  

       Segundo 
o secretário de Planejamento e Gestão, Bruno Mancin, uma solução a longo prazo para as obras seria atrelar a Rodoviária á entrega da nova sede da Prefeitura, prevista para o início de 2020.

       Outros 7 vereadores também foram à tribuna para falar sobre o tema e cobrar a reforma do espaço atual ou a construção de uma nova rodoviária. Eles lembraram que parte da estrutura atual foi desativada, na gestão passada, sob a promessa de mudança para o Km 21. Todavia, ela não foi concretizada devido a pressão popular. 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem