Imagem: Marcelo Deck

Texto: Marco Borba | Newsletter PMO

A exemplo do que ocorre em outros bairros, moradores da Vila Yolanda aprovaram a iniciativa da Prefeitura de Osasco de abrir mais um canal de diálogo ao permitir que a população apresente suas queixas e sugestões nos encontros promovidos pela Administração durante o mutirão “Amor por Osasco”, que acontece desde abril e se estenderá até o fim do ano por toda a cidade com serviços como poda de árvore, remoção de entulho e veículos abandonados, sinalização viária e limpeza de bueiros, entre outros.

“É uma medida interessante, mostra comprometimento, transparência, e nos dá a oportunidade de falar e cobrar soluções para os problemas do nosso bairro”, opina a auxiliar administrativa Andréia Trintin.

Nos encontros, além de falar sobre os serviços executados no mutirão, Lins também tem informado sobre os investimentos em diversos setores da Administração, como a construção de 12 novas creches (sete já entregues), que vão gerar 4 mil novas vagas, reforma de escolas, das 35 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Unidades de Pronto-Atendimento, Prontos-Socorros, como o do Jardim Santo Antônio (será fechado a no dia 11 deste mês, com funcionamento apenas da ala pediátrica), construção de dois hospitais veterinários (já em operação desde o início do ano), ampliação do efetivo da Guarda Municipal e investimentos em tecnologia na área de segurança (mais de 300 câmeras que detectam veículos com queixa de roubo ou furto já estão em operação), além dos Ecopontos, para onde a população pode levar gratuitamente material inservível, como sobras de material de construção, papel, papelão, vidro e eletrônicos.

Rogério Lins informou ainda sobre a recuperação de espaços de lazer como a piscina do Centro de Educação Unificado (CEU) Zilda Arns Neumann, no Jardim Elvira,  introdução de aulas de Espanhol e instalação de lousas digitais em escolas municipais. “No momento estamos com apenas uma piscina pública funcionando. Mas a partir do ano que vem teremos cinco. Temos investido na melhoria da qualidade de ensino com o uso da tecnologia e melhorando os espaço de cultura e lazer porque entendemos que é com educação de qualidade que daremos um futuro melhor para nossas crianças e que a  violência não se combate apenas com mais polícia nas ruas”, avalia.

O prefeito também apontou planos futuros, como a implantação do Bilhete Único Municipal (será possível pegar a segunda condução gratuitamente), em dezembro, e a construção do Hospital da Criança, no Jardim Piratininga (altura do número 800 da Avenida Getúlio Vargas, próximo à Policlínica da zona Norte).

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem