Visão Oeste | ROMU Osasco


      Desde 2015, quando houve a chacina em Barueri e Osasco nos arredores do bairro Munhoz Jr, onde os principais suspeitos eram Policiais Militares e Guardas Civis, os dados de criminalidade de Osasco principalmente subiram exponencialmente, colocando a cidade no pódio quando o assunto era Segurança pública.

     A partir das campanhas eleitorais para 2016, a Prefeitura de Osasco passou a investir na implantação de câmeras de segurança e em um Centro de Operações Especiais, onde o monitoramento é acompanhado 24 horas por agentes e as imagens são utilizadas pelas Policias Militar, Civil e Guarda Municipal para o combate a criminalidade em diversos pontos da cidade. Além disso, na gestão atual, foi criada a Ronda Ostensiva Municipal (ROMU), que supre o déficit da PM em diversos pontos e bairros.

     Tantos investimentos não foram em vão: os dados de criminalidade caíram e os números são bem significantes. Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, a queda foi de 100% para os crimes de Latrocínio e lesão corporal seguida de roubo, 43% para roubos de veículo, cerca de 33% para Furto de veículo e Furto de carga e 29% para outros roubos em comparação com o mesmo trimestre de 2018. Os dados foram divulgados pela Prefeitura Municipal em sua página oficial. 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem