Cine Glamour | Hagop Garagem

O Cine Glamour foi o primeiro cinema de Grande Porte de Osasco, construído na década de 1950, viria a se tornar o maior cinema da América Latina e considerado "grande de mais" para uma cidade como Osasco. O local já foi palco de diversos filmes de "bang bang" e eventos de importância histórica para a cidade, como a festa da emancipação, quando Osasco deixou de ser um  mero bairro de São Paulo e seu primeiro prefeito, Hirant Sanazar, tomou posse.

"Cine Glamour, Rua João Batista, havia shows dos cantores da época, Um que me lembro era "Bairros em Desfile!" As jovens se matavam pra chegar perto dos ídolos! Eu era criança mas lembro da minha irmã adolescente, querendo autógrafo dos cantores!", lembra com nostalgia a munícipe Dulce Rosa, em suas redes sociais.

O cinema sofreu diversas modificações polêmicas. Já foi uma igreja evangélica, depois virou um Cinema Pornográfico, com cartazes explícitos voltados para a Rua João Batista, e depois virou um polo da Igreja Universal, até que seu telhado desabou em 1998. Além disso, em seu complexo, havia uma Escola de Kung Fu, de dança e um badalado "bar" chamado Estação 50.

"Cine glamour, eu lembro quando eu minhas irmãs ia assistir ao matinê nas tardes de domingo, era muito bom podíamos andar na rua sem medo", desabafa a moradora Helena Ascencio, em suas redes sociais.

Atualmente, o prédio foi demolido e boatos circulam pela cidade que no terreno será construída uma galeria nos moldes da Galeria Pajé, na Rua 25 de Março. A população manifestou suas insatisfações nas redes sociais quanto ao destino do prédio histórico mas a Prefeitura de Osasco permitiu a demolição, embargando o processo somente em seu final, devido irregularidades.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem