Foto: Prefeitura de Osasco

Os moradores da região da Rua Justino Alves Batista, no Vila Yolanda, denunciaram à Osascomédia um "pancadão" que estava ocorrendo aos Domingos nos arredores da rua, atrapalhando o sossego e infringindo a lei do silêncio para zonas mistas e residenciais. Após a denúncia à página, moradores também notificaram o acontecido à funcionários da Prefeitura de Osasco.

No domingo do dia 15/09, a Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) de Osasco impediu que a aglomeração dos jovens voltassem a atrapalhar o sossego dos habitantes locais. Ao serem atacados por garrafas de vidro, os guardas revidaram com balas de borracha e dispersaram os agressores. 

A Ronda foi parabenizada após a ação: "Sempre houve essa bagunça aqui, mas essa é a primeira vez que vejo algo de fato sendo feito! Trabalho muito bom, ligávamos no 190 e nada se resolvia, agora ligaremos no 153", afirma um morador que preferiu não se identificar.

A Romu (Rondas Ostensivas Municipais) será ampliada. A informação foi divulgada pelo prefeito Rogério Lins em suas redes sociais. "Decisão foi tomada após redução da criminalidade de forma geral, segundo dados da Secretaria da Segurança Pública do Estado", publicou. "Lembrando que ainda temos muito trabalho pela frente e que ainda continuaremos investindo em tecnologia, além de ampliar nosso efetivo de policiais e nossas ações ostensivas, até fazermos de Osasco uma das cidades mais seguras da região", completou. O número que será ampliado ainda não foi divulgado.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem