Misericórdia

Texto: Hagop Garagem

O Colégio Nossa Senhora da Misericórdia é uma das instituições, de ensino particular, mais antigas da cidade.

Foi concebida em maio de 1943, quando chegaram a Osasco quatro irmãs da Congregação das Filhas de Nossa Senhora da Misericórdia -- uma ordem religiosa criada na Itália, que se espalhava pela América Latina - com a missão de instalar o colégio.

Eram elas Ursula Carew, Ester Martins, Maria Celeste Patto e Maria Lopes.

Mesmo em condições precárias (no Bela Vista ainda não havia energia elétrica, nem água encanada), no dia 29 do mesmo mês e ano foi oficialmente inaugurado o estabelecimento de ensino.

A solenidade contou com a participação do então interventor federal no Estado Fernando Costa, do comendador Vicente MeIilo, da condessa Amália Matarazzo e de inúmeras outras personalidades, que receberam as bênçãos do arcebispo de São Paulo, Dom José Gaspar de Afonseca e Silva.

Apesar do projeto inicial de instalação de dois cursos (o Primário Fundamental e o Profissional), as condições precárias do prédio permitiam apenas a abertura de inscrições para o Primário.

Assim, em 15 de junho, com 76 alunas matriculadas, começaram as atividades docentes do Colégio Misericórdia, ou o Colégio de Freiras ou das Madres, como passou a ser conhecido.

As obras só foram terminadas em 1944, um ano depois de sua inauguração, passando então a matricular alunos para o curso profissional, com duração de 3 anos.

A primeira grande perda para a escola aconteceu em 1945, quando a reverenda Esther pinto Martins, submetida a uma intervenção cirúrgica, veio a falecer.

Na 1ª quinzena de Outubro de 1951, foi realizada a inspeção às dependências da escola, tendo como objetivo a fundação do curso ginasial, em lugar do profissional. Passando pela fase da aprovação, no mesmo ano, o Misericórdia atendia 23 alunas do recém-implantado programa. Daí para frente, o tradicional colégio só progrediu. Em 1955, passou a ter também em seu quadro letivo, alunas do curso de Magistério.

As primeiras professoras formadas pelo curso do Misericórdia receberam os diplomas em 1957.

A pedra fundamental do salão nobre do colégio foi lançada em 14 de dezembro de 1957, na presença do reverendo Nazareno, que oficializou a cerimônia, seguido de Leonardo de Carlo, presidente da comissão pró-construção do salão, obra esta, concluída em 1959.

Ampliando seu atendimento, no período de 1975 a 1978, funcionaram no colégio os cursos técnicos de Secretariado, Química e supletivos de 1º e 2ª graus. A partir de 1975, foi instalado também no diurno, o curso colegial de Auxiliar de laboratório de Análises Químicas e pré-escola, que surgiu em substituição ao antigo curso infantil, ou pré-primário.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem