Foto da ROMU no Portal Yahoo Notícias por Yan Boechat

Em 2019, o Prefeito Rogério Lins (PODE), sancionou a Lei Municipal que oficializou a criação da Ronda Ostensiva Municipal, conhecida como a "Tropa de Elite" da Guarda Civil, criada com o objetivo de suprir o déficit não coberto pelo efetivo da Polícia Militar em Osasco. Os oficiais da Ronda, dentre outras novidades, foram treinados junto com a ROTA (Ronda Ostensiva Tobias Aguiar), na Capital Paulista.

A ROMU tem desempenhado funções que até então apenas a Polícia Militar desempenhava nos municípios de São Paulo, como por exemplo, abordar suspeitos em ruas e avenidas, além de realizar rondas ostensivas em comunidades e áreas consideradas como "de risco". A moradora Janaina Severo, do Conceição confirma: "Fazia tempo que eu não via policiamento aqui nas ruas do Conceição. Hoje eles vem todas as noites e abordam a molecada nas ruas do bairro".

ROMU, por Yan Boechat.

O fotógrafo Yan Boechat, do portal Yahoo Notícias, acompanhou uma abordagem de oficiais da tropa à um suspeito, de 17 anos em uma comunidade com casinhas simples de Osasco. O adolescente fugiu dos oficiais mas acabou sendo pego. "Sou ajudante de pedreiro, senhor, não mexo com drogas". Pernas trêmulas e olhar com lágrimas foram descrições do fotógrafo ao portal de notícias.

A tendência de guardas civis com rondas ostensivas têm se espalhado pelo Brasil, tendo mais destaque na Grande São Paulo. Punições severas por má conduta e maior rispidez durante suas operações são uma marca que têm se fixado nessa vertente da Guarda Civil. Barueri é a unica cidade da região, fora Osasco, que conta com esse serviço. Após a implantação de videomonitoramento e da Ronda ostensiva nas ruas de Osasco, dados de criminalidade têm caído em todas as áreas na cidade, desde furtos até homicídios dolosos.





Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem