Alagamento no Rochdale - G1

O bairro Rochdale é um loteamento que foi construído regularmente com o objetivo de ser a primeira "cidade cooperativista" do Brasil, aos moldes da cidade de Rochdale, a Inglaterra. O bairro foi ocupado de forma planejada em seu interior, contendo uma escola, praças, Avenidas largas com canteiros centrais e eixos comerciais, além de o Estádio Municipal de Osasco. Antigamente o Rio Tietê circulava o local que era conhecido como Ilha de São João, devido ao isolamento causado pelas curvas do rio. 

A retificação do Rio Tietê, realizada na gestão do Prefeito Prestes Maia passou pelo Rochdale de forma a transformar a parte que circulava o bairro em um Braço morto, sem água corrente e estrutura para escoamento. Além disso, anos depois as margens do Braço morto foram ocupadas irregularmente por casas de palafita e alvenaria que atrapalhavam ainda mais no escoamento da água. Foi feito um piscinão que, obviamente, não supriu as necessidades do caminho da água.

Diversos trechos retificados do Rio sofrem com alagamentos pois a correnteza do tietê sempre irá buscar o seu curso natural e com a impermeabilização e assoreamento causados pela construção das moradias submormais a situação se agravou. Não demorou muito para o local ser destaque nacional sempre que haviam grandes chuvas. 

Na gestão do Jorge Lapas (PDT) foi criado um projeto de reurbanização que prevê a desocupação das margens do Braço Morto e a regularização habitacional para aquela população. Além disso, o projeto urbanístico prevê resolver pelo menos 90% dos alagamentos locais, proposta que deixou a população com diversos anseios na época. Rogério Lins (PODE) está dando continuidade às obras, porém, a demora têm angustiado os moradores do Rochdale que sonham em viver no bairro que planejaram.

Confira CLICANDO AQUI a proposta de reurbanização do local.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem