ônibus da move

Com uma área de 35,60 há, o bairro Cidade de Deus, na Zona Sul de Osasco é loteado exclusivamente com a Matriz do Banco Bradesco, a empresa mais valiosa do Brasil (2019). O bairro conta com diversos edifícios separados por cores onde localizam-se os departamentos da instituição financeira. Além da área administrativa o local também conta com Praças, um parque, academia e restaurantes em construção em seu interior.

No inicio de 2019, a empresa fez um teste inicial de parceria com o aplicativo move, onde inicialmente consistia na liberação de vagas exclusivas de veículos para os funcionários que oferecem caronas a outras pessoas com o mesmo destino. O intuito do Banco é incentivar o não uso do carro por seus trabalhadores devido ao déficit de espaço para automóveis no complexo. A parceria deu certo.

Meses depois a instituição propôs um ônibus circular pelas ruas da Cidade de Deus para transportar seus funcionários entre as portarias e edifícios departamentais, pois uma das principais reclamações, além da falta de vagas, era o deslocamento a pé pelo qual deveriam passar até seus postos de emprego. A adesão foi instantânea. Com o passar dos dias os “totens” espalhados pelo bairro já estavam cheios de pessoas aguardando o famoso “movezinho”, apelido dado pelos funcionários da empresa ao meio de transporte.

Com o passar dos meses, o Bradesco investiu em mais unidades dos ônibus elétricos e fez a construção de pontos de ônibus com bancos, cobertura e lixeiras recicláveis. A obra consistiu no uso de materiais limpos e não poluentes, assim como os veículos adquiridos pelo aplicativo, que funcionam com base na Energia elétrica. Com o título de bairro urbanizado com mais área verde de Osasco, agora a Cidade de Deus tornou-se acessível por todos os seus funcionários de forma limpa e dinâmica.

Ponto de ônibus da Move

Historicamente a Matriz do Banco Bradesco sofreu com a falta de vagas para os veículos de seus funcionários, fazendo com que passassem por uma verdadeira “guerra” por espaço dentro do local. Com diversas linhas de ônibus oriundas dos bairros de Osasco e de sua estação central, muitos de seus funcionários agora podem trabalhar a pé devido a comodidade trazida pelo serviço. Assim, a empresa contribuiu – mesmo que em pequena escala – com o trânsito e a qualidade de vida dos moradores de Osasco da região do Vila Yara, Vila Campesina e Bela Vista. Essa ação mostra que políticas simples de combate ao uso do automóvel já fazem total diferença no dia a dia da população.

Osasco é a cidade com a segunda maior frota de veículos do Estado de São Paulo e precisa urgente de políticas públicas que melhorem a situação de sua mobilidade urbana. Essa parceria foi entre duas empresas privadas, mas nada impede que qualquer “PPP” seja criada com o fim de solucionar o enorme déficit de transporte que a cidade possuí.

Postagem Anterior Próxima Postagem