Houve um tempo em que os Táxis eram a única alternativa de locomoção fora o transporte público nas grandes cidades brasileiras. Esse cenário mudou em 2014, quando a norte americana Uber lançou seu aplicativo na Região Metropolitana de São Paulo popularizando assim o Transporte particular à um preço muito mais acessível do que os Taxis existentes na metrópole.

Recentemente a Empresa lançou um dado informando que a Estação Osasco da CPTM está dentre os principais locais de chamadas e destinos em todo o Estado de São Paulo. O volume de usuários varia entre funcionários de empresas localizadas na cidade e moradores da cidade que usam o aplicativo como um complemento do transporte público até seu destino. Muitas vezes morando em locais com escassez de linhas de ônibus, os usuários do aplicativo dependem do serviço para conseguir chegar a tempo no trabalho sem precisarem madrugar.

Muitas vezes esse complemento é extremamente necessário para os habitantes de uma grande metrópole. Não só em São Paulo, mas no Brasil como um todo o privilégio de se morar perto do serviço, ou ironicamente perto de qualquer malha de transporte público tem se limitado à classes sociais mais abastadas. Regiões centrais de grandes cidades são as mais acessíveis, enquanto as periferias sofrem com a falta de facilidade não em quilometragem, mas em acesso até esses pontos de interesse.

Jardim Conceição e Veloso estão dentre os bairros com o maior número de chamadas em Osasco, o que pode comprovar facilmente essa relação entre a periferia e o serviço de motoristas particulares. A 99 Táxi também tem tomado popularidade dentre os cidadãos devido ao grande número de promoções em viagens. Esse é um dos exemplos onde empresas privadas conseguem melhorar o estilo de vida nas cidades sem a interferência do poder público.
Postagem Anterior Próxima Postagem