Osasco
Osasco tem história pra contar! E com história, não me refiro ao primeiro voo da América Latina ou ao passado industrial da cidade (apesar de tudo isso estar interligado), mas sim da história contada pelos osasquenses que viveram, evoluíram e firmaram suas raízes na cidade. Essas histórias são contadas pelas construções que vemos quando saímos das principais avenidas da cidade.

A cidade como bem entendemos nasceu apenas (oficialmente) há 56 anos, quando em 1962, o sim venceu o não na votação para definir se o Distrito de Osasco seria emancipado da Capital Paulista ou não. Todavia, temos muito mais tempo de história pra contar, desde Raposo Tavares, que ajudou a fundar a Vila de Quitaúna (Atual bairro Quitaúna), até a chegada de Antônio Agu seguida da explosão industrial.  
Osasco

A história da nossa cidade vai além dos registros oficiais, afinal, quem realmente construiu Osasco foram os osasquenses! Sejam eles imigrantes Italianos, Armênios, Russos, Alemães, Portugueses ou os mais recentes migrantes Nordestinos. Essas lembranças foram escritas por diversas famílias na construção de suas casas ou comércios locais, e muitas vezes passam despercebidas pela maioria das pessoas que passam de carro nas ruas.

"Vim de Minas Gerais sozinho, com a promessa de que eu arrumaria casa e serviço para todas as minhas irmãs, porque na época Osasco era referência em empregos lá em Juíz de Fora. Consegui juntar um dinheiro e comprar um terreno no atual Jaguaribe, trouxe minhas irmãs, consegui um emprego na Cobrasma e hoje a minha vida só é assim por causa dessa cidade maravilhosa" - relato de José Calheiro de Oliveira, 70 anos.


Osasco

"A minha família veio da Itália no passado e se instalou imediatamente em Osasco. Onde hoje é o Bela Vista, já foi um bairro para operários de baixa renda, e foi ali que os meus avós se instalaram. Ainda mantenho a residência na Rua Antônio Bizarro, hoje alugada por uma família super simpática" - Relato de Suzane Rocci, 56 anos.

Osasco

"Cidade Trabalho, era assim que todos se referiam à Osasco naquela época. Me mudei pra cá para trabalhar no antigo Frigorifico Wilson, logo morei onde hoje se localiza o Vila Yara. Conheci minha falecida esposa na antiga Lanchonete Aconchego, bem no dia dos namorados. Tenho três filhos que trabalham e moram aqui em Osasco. Não troco essa cidade por nada nesse país." - Relato de Jailson da Silva, 80 anos.

Osasco

"Eu morava em Marília, era jovem quando me mudei pra Osasco (que na verdade ainda era São Paulo). Morei na Cidade de Deus por anos, conheci o meu marido lá, casei-me na Catedral Santo Antônio, onde também meu filho foi batizado. É inexplicável o apego que tenho com essa cidade, só sei que amo Osasco, amo minha casa e só saio daqui quando for dessa pra melhor" - Maria do Socorro, 77 anos.

Osasco

"A minha mãe brigou até o final pela casa dela. Infelizmente veio a falecer no ano passado. Uma construtora estava nos pressionando para vendermos a casa e dar lugar à um futuro condomínio no Quitaúna, mas persistimos e ela continua de pé. Ela sempre dizia que havia sangue dela nos tijolos daquela casa, pois ela ajudou o meu pai e meu avô a construir. Naquela época não havia dinheiro para contratar pedreiros." - Marisa Belmonte, 49 anos.

"Eu trabalhava no Jaguaré, mas naquela época morar em Osasco era bem melhor e relativamente mais barato. Vim do Rio de Janeiro com a minha esposa e minha filha pequena. Não me arrependo. Moro aqui na Vila São Francisco desde que esse bairro se formou, não troco por nenhum lugar. A minha família só é o que é hoje graças a Osasco" - José Roberto, 69 anos.

Osasco

"A minha história com Osasco é recente. Vim da Casa Verde e me mudei pra City Bussocaba porque o escritório onde trabalho foi para um edifício no Vila Yara. Apesar de não conhecer muito, é perceptível que essa cidade tem uma energia muito boa que merece ser apreciada por quem vale a pena. Amo essa cidade" - Gisele Lopes Reis, 40 anos.

OsascoOsasco
Osasco








Os textos de histórias não tem relação direta com as fotos!!
fonte das fotos: Google Street View
Postagem Anterior Próxima Postagem