Em 11 de junho de 1996, véspera do Dia dos Namorados, as centenas de pessoas que circulavam pelo Osasco Plaza Shopping, viveram um dia de horror, que comoveu todo o País. O gás que passava na tubulação abaixo do piso da praça de alimentação vazou e, pelo contato com alguma faísca, fez voar parte do prédio. A explosão matou 42 pessoas e feriu 372.

Três anos depois do acidente, a Justiça de São Paulo condenou cinco pessoas pela explosão: o diretor comercial do shopping e quatro engenheiros. Todos foram absolvidos em 2005 pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, por falta de provas. O shopping só indenizou as vítimas depois de ter recorrido até ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).
 
A tragédia teve repercussão nacional e internacional, Plantões da rede Globo, Record, Band e SBT acompanharam de perto todos os acontecidos após a explosão.

Mesmo 18 anos depois do acontecido, parentes e amigos das vítimas ainda convivem com os fantasmas do fatídico dia, que infelizmente passou sem que os responsáveis de fato sofressem as consequências. Hoje a área afetada do Shopping foi reconstruída, e é um dos centros comerciais mais movimentados da região de Osasco, contendo grandes marcas populares e restaurantes em seu interior.



Postagem Anterior Próxima Postagem